HOJE SAI O CRONISTA E ENTRA O MÉDICO

Brincaram com a saúde e com a vida do brasileiro. Isso é imperdoável e inaceitável. 

EFEITOS COLATERAIS: Distúrbios cardíacos como infarto e angina alérgica. Choque anafilático de moderado a fatal. Distúrbios da pele como coceira, ardor, vermelhidão, urticária, inchaço, Síndrome de Stevens-Johnson. Problemas respiratórios como falta de ar, broncoespamo, edema de glote, arritmia cardíaca, queda de pressão, anemia aplástica e outras alterações de células do sangue. Distúrbios renais e urinários como insuficiência renal aguda, nefrite intersticial, distúrbios gastrointestinais como diarreias e hemorragia gastrointestinal.

“Isso tudo aí é referente à Hidroxicloroquina, Dr. Leão?” Não, gente. Isso aí é parte da bula da Dipirona, nossas queridas e velhas conhecidas Novalgina, Neosaldina, Lisasor e tantos outras que tomamos desde que nascemos e que mantemos em nossas bolsas e carteiras para aquelas dores que nos pegam de surpresa. Quem lê bula, não toma remédio. Se tomarmos 30 gotas de Dipirona, em 30 minutos estamos sem dor de cabeça. Se tomarmos 300 gotas, morremos. Portanto, a diferença entre remédio e veneno está na dose.

O que me trouxe hoje ao IPad foi a “live” que Alexandre Garcia fez esta semana com um grupo de médicos cujo link disponibilizo aqui para os que não tiveram a oportunidade de assistir. Sugiro que assistam até o depoimento do Dr. Wong pois a live é longa (assista aqui).

Em 10 de abril passado publiquei neste Blog um texto “Cloroquina, meu amor” (leia aqui), em que contei a história e a eficácia dessa senhora de 70 anos. Quase dois meses depois este texto foi plagiado por uma autora, sem nenhuma cerimônia, e publicado em redes sociais. Até Sérgio Moro plagia, imagine outros autores de menos importância. Sublimei, pois mesmo sendo uma ilicitude, serviu para divulgar ainda mais a mensagem que eu quis passar, abrangendo ainda mais brasileiros.

O grande destaque da “live” foi o Dr. Cássio Prado, médico cirurgião geral e prefeito da cidade de Porto Feliz-SP, cujo nome tem muito a ver com a coragem e determinação deste colega que não se deixou contaminar pela política insana e honrou seu compromisso com a Medicina milenar que deveria ser obrigatoriamente suprapartidária e altear-se sempre aos fisiologismos e narrativas vis de interesses pessoais de políticos inconsequentes. Não se brinca com saúde. Dr. Cássio não quis saber. Contra tudo e todos, juntou sua turma de médicos e criou um protocolo muito semelhante aos vitoriosos de Madrid, Bergamo e Marseille e, a partir de março, tratou precocemente seus conterrâneos e eleitores que apresentavam os primeiros sintomas do vírus chinês através de um kit que continha a velha e conhecida hidroxicloroquina associada à outras drogas. O sucesso se baseou também em tratar profilaticamente os contactantes e agentes de saúde do front. O seu índice de sucesso é incrível e emocionante.

Os Drs. Antony Wong e Nise Yamagushi mostraram o uso precoce de hidroxicloroquina pelos chineses desde fevereiro onde a pandemia já acabou, o uso eficaz da mesma droga contra outros coronavírus tipo Mers e Sars e os estudos mal conduzidos com a hidroxicloroquina tanto em Manaus quanto nos USA utilizando-se, estranhamente, doses quase três vezes maior da dose letal da droga influenciando negativamente na credibilidade do mediçamento. Todos sabemos que a “comprovação científica” é uma exigência para o padrão ouro da medicina. Mas as “observações clínicas”, que também fazem parte da medicina séria, em relação à hidroxicloroquina associada à azitromicina e zinco são tão evidentes que a sua comprovação científica é uma questão de tempo que, infelizmente, o Covid19 não vai esperar. A “ciência, ciência e ciência” de Mandetta só não matou mais porque o Gal. Pazuello convenceu o CFM a facultar-nos o direito de voltar a receitar este medicamento, no nosso arsenal clínico há 70 anos.

Quanto à mim e minha família, não tenho dúvida no que receitar. Além dos medicamentos acima descritos, eu, pessoalmente, não abro mão dos meus vários gargarejos diários com água morna e sal seguidos por jatos de soro fisiológico no nariz. Ninguém nessa encarnação científica me convence do contrário. O sal muda o pH da garganta e do nariz e torna esses locais inóspitos aos indesejáveis hospedeiros que adoram ficar lá. “Que coisa mais antiga, Dr. Leão!” Pois é…

O “culpado” de tudo isso é o senhor, meu caro Presidente! Se desde o início, o senhor dissesse, bem ao seu estilo, que a hidroxicloroquina era uma “merda”, a triste história da pandemia no Brasil poderia ter sido outra.

Total
0
Shares
0 comments
Deixe um comentário

Emoji Keyboard

Smileys

😀
😁
😂
🤣
😃
😄
😅
😆
😉
😊
😋
😎
😍
😘
😗
😙
😚
🙂
🤗
🤩
🤔
🤨
😐
😑
😶
🙄
😏
😣
😥
😮
🤐
😯
😪
😫
😴
😌
😛
😜
😝
🤤
😒
😓
😔
😕
🙃
🤑
😲
☹️
🙁
😖
😞
😟
😤
😢
😭
😦
😧
😨
😩
🤯
😬
😰
😱
😳
🤪
😵
😡
😠
🤬
😷
🤒
🤕
🤢
🤮
🤧
😇
🤠
🤡
🤥
🤫
🤭
🧐
🤓
😈
👿
👹
👺
💀
👻
👽
🤖
💩
😺
😸
😹
😻
😼
😽
🙀
😿
😾

People

👶
👦
👧
👨
👩
👴
👵
👨‍⚕️
👩‍⚕️
👨‍🎓
👩‍🎓
👨‍⚖️
👩‍⚖️
👨‍🌾
👩‍🌾
👨‍🍳
👩‍🍳
👨‍🔧
👩‍🔧
👨‍🏭
👩‍🏭
👨‍💼
👩‍💼
👨‍🔬
👩‍🔬
👨‍💻
👩‍💻
👨‍🎤
👩‍🎤
👨‍🎨
👩‍🎨
👨‍✈️
👩‍✈️
👨‍🚀
👩‍🚀
👨‍🚒
👩‍🚒
👮
👮‍♂️
👮‍♀️
🕵️‍♂️
🕵️‍♀️
💂‍♂️
💂‍♀️
👷‍♂️
👷‍♀️
🤴
👸
👳‍♂️
👳‍♀️
👲
🧕
🧔
👱
👱‍♂️
👱‍♀️
🤵
👰
🤰
🤱
👼
🎅
🤶
🧙‍♀️
🧙‍♂️
🧚‍♀️
🧚‍♂️
🧛‍♀️
🧛‍♂️
🧜‍♀️
🧜‍♂️
🧝‍♀️
🧝‍♂️
🧞‍♀️
🧞‍♂️
🧟‍♀️
🧟‍♂️
🙍
🙍‍♂️
🙍‍♀️
🙎
🙎‍♂️
🙎‍♀️
🙅
🙅‍♂️
🙅‍♀️
🙆‍♂️
🙆‍♀️
💁‍♂️
💁‍♀️
🙋
🙋‍♂️
🙋‍♀️
🙇
🙇‍♂️
🙇‍♀️
🤦
🤦‍♂️
🤦‍♀️
🤷
🤷‍♂️
🤷‍♀️
💆
💆‍♂️
💆‍♀️
💇
💇‍♂️
💇‍♀️
🚶
🚶‍♂️
🚶‍♀️
🏃
🏃‍♂️
🏃‍♀️
💃
🕺
👯
👯‍♂️
👯‍♀️
🧖‍♀️
🧖‍♂️
🕴
🗣
👤
👥
👫
👬
👭
💏
👨‍❤️‍💋‍👨
👩‍❤️‍💋‍👩
💑
👨‍❤️‍👨
👩‍❤️‍👩
👪
👨‍👩‍👦
👨‍👩‍👧
👨‍👩‍👧‍👦
👨‍👩‍👦‍👦
👨‍👩‍👧‍👧
👨‍👨‍👦
👨‍👨‍👧
👨‍👨‍👧‍👦
👨‍👨‍👦‍👦
👨‍👨‍👧‍👧
👩‍👩‍👦
👩‍👩‍👧
👩‍👩‍👧‍👦
👩‍👩‍👦‍👦
👩‍👩‍👧‍👧
👨‍👦
👨‍👦‍👦
👨‍👧
👨‍👧‍👦
👨‍👧‍👧
👩‍👦
👩‍👦‍👦
👩‍👧
👩‍👧‍👦
👩‍👧‍👧
🤳

Handsigns

💪
👈
👉
☝️
👆
🖕
👇
✌️
🤞
🖖
🤘
🖐
👌
👍
👎
👊
🤛
🤜
🤚
👋
🤟
✍️
👏
👐
🙌
🤲
🙏
🤝
💅
👂
👃
👣
👀
👁
🧠
👅
👄
💋

Clothing

👓
🕶
👔
👕
👖
🧣
🧤
🧥
🧦
👗
👘
👙
👚
👛
👜
👝
🎒
👞
👟
👠
👡
👢
👑
👒
🎩
🎓
🧢
💄
💍
🌂
💼

Animals

🐶
🐱
🐭
🐹
🐰
🦊
🐻
🐼
🐨
🐯
🦁
🐮
🐷
🐽
🐸
🐵
🙈
🙉
🙊
🐒
🐔
🐧
🐦
🐤
🐣
🐥
🦆
🦅
🦉
🦇
🐺
🐗
🐴
🦄
🐝
🐛
🦋
🐌
🐚
🐞
🐜
🕷
🕸
🐢
🐍
🦎
🦂
🦀
🦑
🐙
🦐
🐠
🐟
🐡
🐬
🦈
🐳
🐋
🐊
🐆
🐅
🐃
🐂
🐄
🦌
🐪
🐫
🐘
🦏
🦍
🐎
🐖
🐐
🐏
🐑
🐕
🐩
🐈
🐓
🦃
🕊
🐇
🐁
🐀
🐿
🐾
🐉
🐲
🌵
🎄
🌲
🌳
🌴
🌱
🌿
☘️
🍀
🎍
🎋
🍃
🍂
🍁
🍄
🌾
💐
🌷
🌹
🥀
🌻
🌼
🌸
🌺
🌎
🌍
🌏
🌕
🌖
🌗
🌘
🌑
🌒
🌓
🌔
🌚
🌝
🌞
🌛
🌜
🌙
💫
⭐️
🌟
⚡️
🔥
💥
☄️
☀️
🌤
⛅️
🌥
🌦
🌈
☁️
🌧
🌩
🌨
☃️
⛄️
❄️
🌬
💨
🌪
🌫
🌊
💧
💦
☔️

Food

🍏️
🍎️
🍐️
🍊️
🍋️
🍌️
🍉️
🍇️
🍓️
🍈️
🍒️
🍑️
🍍️
🥝️
🥑️
🍅️
🍆️
🥒️
🥕️
🌽️
🌶️
🥔️
🍠️
🌰️
🥜️
🍯️
🥐️
🍞️
🥖️
🧀️
🥚️
🍳️
🥓️
🥞️
🍤️
🍗️
🍖️
🍕️
🌭️
🍔️
🍟️
🥙️
🌮️
🌯️
🥗️
🥘️
🍝️
🍜️
🍲️
🍥️
🍣️
🍱️
🍛️
🍚️
🍙️
🍘️
🍢️
🍡️
🍧️
🍨️
🍦️
🍰️
🎂️
🍮️
🍭️
🍬️
🍫️
🍿️
🍩️
🍪️
🥛️
🍼️
☕️️
🍵️
🍶️
🍺️
🍻️
🥂️
🍷️
🥃️
🍸️
🍹️
🍾️
🥄️
🍴️
🍽️

Activities

⚽️️
🏀️
🏈️
⚾️️
🎾️
🏐️
🏉️
🎱️
🏓️
🏸️
🥅️
🏒️
🏑️
🏏️
⛳️️
🏹️
🎣️
🥊️
🥋️
⛸️
🎿️
⛷️
🏂️
🏋️‍♀️️
🏋️️
🤺️
🤼‍♀️️
🤼‍♂️️
🤸‍♀️️
🤸‍♂️️
⛹️‍♀️️
⛹️️
🤾‍♀️️
🤾‍♂️️
🏌️‍♀️️
🏌️️
🏄‍♀️️
🏄️
🏊‍♀️️
🏊️
🤽‍♀️️
🤽‍♂️️
🚣‍♀️️
🚣️
🏇️
🚴‍♀️️
🚴️
🚵‍♀️️
🚵️
🎽️
🏅️
🎖️
🥇️
🥈️
🥉️
🏆️
🏵️
🎗️
🎫️
🎟️
🎪️
🤹‍♀️️
🤹‍♂️️
🎭️
🎨️
🎬️
🎤️
🎧️
🎼️
🎹️
🥁️
🎷️
🎺️
🎸️
🎻️
🎲️
🎯️
🎳️
🎮️
🎰️

Travel

🚗
🚕
🚙
🚌
🚎
🏎
🚓
🚑
🚒
🚐
🚚
🚛
🚜
🛴
🚲
🛵
🏍
🚨
🚔
🚍
🚘
🚖
🚡
🚠
🚟
🚃
🚋
🚞
🚝
🚄
🚅
🚈
🚂
🚆
🚇
🚊
🚉
🚁
🛩
✈️
🛫
🛬
🚀
🛰
💺
🛶
⛵️
🛥
🚤
🛳
🚢
⚓️
🚧
⛽️
🚏
🚦
🚥
🗺
🗿
🗽
⛲️
🗼
🏰
🏯
🏟
🎡
🎢
🎠
🏖
🏝
🏔
🗻
🌋
🏜
🏕
⛺️
🛤
🛣
🏗
🏭
🏠
🏡
🏘
🏚
🏢
🏬
🏣
🏤
🏥
🏦
🏨
🏪
🏫
🏩
💒
🏛
⛪️
🕌
🕍
🕋
🗾
🎑
🏞
🌅
🌄
🌠
🎇
🎆
🌇
🌆
🏙
🌃
🌌
🌉
🌁

Objects

⌚️
📱
📲
💻
⌨️
🖥
🖨
🖱
🖲
🕹
🗜
💽
💾
💿
📀
📼
📷
📸
📹
🎥
📽
🎞
📞
☎️
📟
📠
📺
📻
🎙
🎚
🎛
🕰
⌛️
📡
🔋
🔌
💡
🔦
🕯
🗑
🛢
💸
💵
💴
💶
💷
💰
💳
💎
⚖️
🔧
🔨
🛠
🔩
⚙️
🔫
💣
🔪
🗡
⚔️
🛡
🚬
⚰️
⚱️
🏺
🔮
📿
💈
⚗️
🔭
🔬
🕳
💊
💉
🌡
🚽
🚰
🚿
🛁
🛀
🛎
🔑
🗝
🚪
🛋
🛏
🛌
🖼
🛍
🛒
🎁
🎈
🎏
🎀
🎊
🎉
🎎
🏮
🎐
✉️
📩
📨
📧
💌
📥
📤
📦
🏷
📪
📫
📬
📭
📮
📯
📜
📃
📄
📑
📊
📈
📉
🗒
🗓
📆
📅
📇
🗃
🗳
🗄
📋
📁
📂
🗂
🗞
📰
📓
📔
📒
📕
📗
📘
📙
📚
📖
🔖
🔗
📎
🖇
📐
📏
📌
📍
✂️
🖊
🖋
✒️
🖌
🖍
📝
✏️
🔍
🔎
🔏
🔐
🔒
🔓

Symbols

❤️
💛
💚
💙
💜
🖤
💔
❣️
💕
💞
💓
💗
💖
💘
💝
💟
☮️
✝️
☪️
🕉
☸️
✡️
🔯
🕎
☯️
☦️
🛐
♈️
♉️
♊️
♋️
♌️
♍️
♎️
♏️
♐️
♑️
♒️
♓️
🆔
⚛️
☢️
☣️
🉑
📴
📳
🈶
🈚️
🈸
🈺
🈷️
✴️
🆚
💮
🉐
㊙️
㊗️
🈴
🈵
🈹
🈲
🅰️
🅱️
🆎
🅾️
🆑
🆘
⭕️
🛑
⛔️
📛
🚫
💯
💢
♨️
🚷
🚯
🚳
🚱
🔞
📵
🚭
❗️
‼️
⁉️
🔅
🔆
〽️
⚠️
🚸
🔱
⚜️
🔰
♻️
🈯️
💹
❇️
✳️
🌐
💠
Ⓜ️
🌀
💤
🏧
🚾
♿️
🅿️
🈳
🈂️
🛂
🛃
🛄
🛅
🚹
🚺
🚼
🚻
🚮
🎦
📶
🈁
🔣
ℹ️
🔤
🔡
🔠
🆖
🆗
🆙
🆒
🆕
🆓
0️⃣
1️⃣
2️⃣
3️⃣
4️⃣
5️⃣
6️⃣
7️⃣
8️⃣
9️⃣
🔟
🔢
#️⃣
*️⃣
▶️
◀️
🔼
🔽
➡️
⬅️
⬆️
⬇️
↗️
↘️
↙️
↖️
↕️
↔️
↪️
↩️
⤴️
⤵️
🔀
🔁
🔂
🔄
🔃
🎵
🎶
✖️
💲
💱
™️
©️
®️
〰️
🔚
🔙
🔛
🔝
✔️
☑️
🔘
⚪️
⚫️
🔴
🔵
🔺
🔻
🔸
🔹
🔶
🔷
🔳
🔲
▪️
▫️
◾️
◽️
◼️
◻️
⬛️
⬜️
🔈
🔇
🔉
🔊
🔔
🔕
📣
📢
👁‍🗨
💬
💭
🗯
♠️
♣️
♥️
♦️
🃏
🎴
🀄️

Clocks

🕐
🕑
🕒
🕓
🕔
🕕
🕖
🕗
🕘
🕙
🕚
🕛
🕜
🕝
🕞
🕟
🕠
🕡
🕢
🕣
🕤
🕥
🕦
🕧

  1. De Asclépio, passando por Babilônios, Egípcios, Hebreus e Indus até o racionalismo de Hipócrates, foram milênios para que a medicina deixasse de ser praticada por sacerdotes, mágicos, curandeiros , barbeiros e aventureiros. Parece que estamos fazendo o caminho de volta ! Parabéns Cadú .

  2. Caro Cadu, parabéns pela postagem. Just joking: saiu uma publicação que cita que os carecas são mais suscetíveis de gravidade com o Covid 19. Transplante imuniza? ? Bem que poderia…
    Ithamar Stocchero

  3. Prezado Leão.
    Parabenizo por sua correta é necessária preocupação.
    Esta invasão ocorre em diversas especialidades médicas.
    É preciso ficar atento e alertar a população e as entidades de classe.

    Manoel Rocha

  4. Parabéns Cadu!
    É impressionante como uma cirurgia com tantos detalhes técnicos pode ser invadida por charlatões!
    E depois vemos as inúmeras sequelas que mesmo em mãos treinadas vó as suas conseguem resolver ou têm muito trabalho!
    Realmente vivemos tempos sombrios e difíceis

    Mucio Castro

  5. Apoiadissimo! Não acrescento nem meia vírgula. Acho uma aberração uma oftalmologista fazendo restauração capilar e eu ciente de minhas limitações sempre digo, olha se vai fazer este tratamento ,procure o melhor e aí o *top of mind_* se chama Dr Carlos Eduardo Guimarães Leão!
    Osiris

  6. Cadu
    Muito obrigado pela defesa da especialidade
    Mas esaa defesa esta cada dia mais dificil posto que por lei qualquer medico pode exercer a medicina naquilo que se achar apto
    Vejo em toda medicina gente saindo de sua especialidade de origem e migrando para areas ditas esteticas(nos Estados Unidos não é diferente)sem contar os curiosos e nao medicos
    Atuo na cirurgia plastica ( que continuo exercendo com muito interesse) e na cirurgia da calvicie desde 1985
    E posso te dizer que muita gente tentou a cirurgia da calvicie achando que seria um filão,a maioria desistiu
    Não é facil!
    Hoje com o avanço do FUE que se bem executado é uma tecnica excelente a coisa parece que ficou mais acessivel aos tecnicos muito bem treinados em clinicas chefiadss por medicos
    Aqui em SP tem cirurgiao que nao faz calvicie chamando esses tecnicos nao medicos pra fazer a cirurgia por um preço bem acessivel
    Concluindo
    Acho que nao tem volta
    A nós só resta caprichar em nossos casos e oferecer o melhor aos nissos pacientes

    Fábio Naccache

  7. “De médico e de louco todo mundo tem um pouco”! Esta é a grande questão. Todo mundo quer “fazer” um pouquinho de medicina para faturar mais. E dentre os médicos todos querem “fazer” um pouco de cirurgia plástica com este mesmo objetivo. Inclusive os dermato.
    Sérgio

Previous Post

Cloroquina, meu amor!

Next Post

ESTOU MUITO PREOCUPADO COM OS CARECAS

Related Posts
Total
0
Share